segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Cadeia alimentar

Tem dias que me sinto fazendo parte de uma verdadeira "cadeia alimentar". Um querendo "comer" o outro! Cansada de pessoas pequenas, mentes fracas, pessoas invejosas, pessoas que querem ver as outras pelas costas, pessoas que ficam felizes com o fracasso das outras, etc. Não consigo seguir a lei dos 3 macaquinhos o tempo todo: "não vejo, não escuto e não falo!"

Eu ainda sou meio babaca, acredito na humanidade ... eu fico feliz quando meus colegas ou amigos conseguem realizar seus sonhos, conseguem seus objetivos profissionais, pessoais, etc. E com certeza vou me manter assim por muito tempo. Não desejo o que é de ninguém! Quero o que for para ser meu, o que é do outro definitivamente não me interessa. Uma vez ouvi da minha ex terapeuta: "Não existe inveja boa, existe admiração!". Não existe inveja que seja boa! Concordo plenamente.

Mas como me disseram ... perder a fé?! JAMAIS!!!

Musiquinha para ocasião:

Urubu tá com raiva do boi
Baiano e Os Novos Caetanos
Composição: Chico Anisio e Arnaud Rodrigues

“Legal... me amarro nesse som, tá sabendo?
O medo, a angústia, o sufoco, a neurose, a poluição
Os juros, o fim... nada de novo.
A gente de novo só tem os sete pecados industriais.
Diga Paulinho, diga...
Eu vou contigo Paulinho, diga”

Urubu tá com raiva do boi
E eu já sei que ele tem razão
É que o urubu tá querendo comer
Mais o boi não quer morrer
Não tem alimentação

Urubu tá com raiva do boi
E eu já sei que ele tem razão
É que o urubu tá querendo comer
Mais o boi não quer morrer
Não tem alimentação

O mosquito é engolido pelo sapo
O sapo a cobra lhe devora

Mas o urubu não pode devorar o boi:
Todo dia chora, todo dia chora.
Mas o urubu não pode devorar o boi:
Todo dia chora, todo dia chora.

“O norte, a morte, a falta de sorte...
Eu tô vivo, tá sabendo?
Vivo sem norte, vivo sem sorte, eu vivo...
Eu vivo, Paulinho.
Aí a gente encontra um cabra na rua e pergunta: ‘Tudo bem?’
E ele diz pá gente: ‘Tudo bem!’
Não é um barato, Paulinho?
É um barato...”

Urubu tá com raiva do boi
E eu já sei que ele tem razão
É que o urubu tá querendo comer
Mais o boi não quer morrer
Não tem alimentação

Urubu tá com raiva do boi
E eu já sei que ele tem razão
É que o urubu tá querendo comer
Mais o boi não quer morrer
Não tem alimentação

Gavião quer engolir a socó
Socó pega o peixe e dá o fora

Mas o urubu não pode devorar o boi
Todo dia chora, todo dia chora
Mas o urubu não pode devorar o boi
Todo dia chora, todo dia chora

“Nada a dizer... nada... ou quase nada...
O que tem é a fazer: tudo... ou quase tudo...
O homem, a obra divina...
Na rua, a obra do homem...
Cheiro de gás, o asfalto fervendo, o suor batendo
O suor batendo (4 x) ”

***
Curiosidades:
(fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Baiano_e_os_Novos_Caetanos)



Baiano e os Novos Caetanos é o nome de um trio musical e humorística composta pelos humoristas Chico Anysio, Arnaud Rodrigues e Renato Piau satirizando no título o conjunto Novos Baianos e o cantor Caetano Veloso.

Nascida nos anos 70 como uma sátira ao tropicalismo, a dupla formada por Baiano e Paulinho Boca de Profeta (personagens de Chico Anísio e Arnauld Rodrigues, respectivamente, no humorístico “Chico City”) trazia em suas canções letras divertidas e engajadas e um instrumental de primeira, com belos arranjos de violões, sanfonas e cavaquinhos, entre outros instrumentos. Clássicos como "Vô Batê Pá Tu", que fala das delações na ditadura, e "Urubu Tá com Raiva do Boi", uma crítica à situação econômica do país e ao falso “milagre econômico brasileiro”, e a bela "Folia de Reis", fizeram de Baiano & Os Novos Caetanos um nome significativo no universo do samba-rock e da música rural.

That's all folks!

3 comentários:

luluonthesky disse...

Rê,
Acredito que cada um tem o seu próprio tempo e seu próprio destino.
Big Beijos

neto. disse...

RE, esse último que vc leu, foi o Oscar quem escreveu... foi a resposta do outro que eu escrevi.Lembra ?
beijos reeeeeeeeeeee!!!
;)
n sabia aonde te responder, então deixei aqui mesmo! Agora eu vou dar uma fuxicada no seu rs
susse

disse...

Pessoas invejosas que só se sentem feliz em ver o fracasso dos outros,são pessoas mal amadas,de mal com a vida.Temos que manter distãncia desse tipo de gente.Atualizei o blog.Bjus