terça-feira, 19 de janeiro de 2010

PRESENTE

A semana começou esquisita ... mas não tem nada não, vida que segue!

















Toma!
É seu, todo seu e de mais ninguém.
Leva embora esse tormento,
Pois por aqui só causou sofrimento.

Toma!
Faça bom proveito,
Aproveite o resto que ainda sobrou,
A carcaça podre e envelhecida.

Toma!
Seja feliz e se lambuze de lamúrias,
Injúrias e desamor.
Embriague-se do fel e de ilusões.

Toma!
É todo seu. Você venceu!
Agarre seu prêmio,
Agarre bem forte – ele pode escapar!

Toma!
Tente arrancar amor - o amor verdadeiro!
Tente, tente, tente, continue tentando.
Não desista! Ele não sabe o que isso significa.

Toma!
Sua cabeça não pensa e seu corpo padece.
O tempo vai passar.
Ciclicamente vai anoitecer,
Amanhecer,
E ele não vai esquecer!

Toma!
Seja feliz, sorria, goze, tenha prazer!
Você o merece!
Eu mereço – ser feliz.
Somos mulheres completamente diferentes,
Mas ele sempre será o mesmo!
Então, se contente com pouco.

Toma!
O seu sapato ficou apertado nos meus pés,
Mas também não serviu direito nos seus,
Infelizmente,
Se não coube uma vez nos teus pés,
Não é agora que ficará perfeito.

Toma!
Abra seus olhos,
Felicidade tem hora,
Não demora,
Seja feliz,
Escrota Senhora!

That's all folks!




5 comentários:

caurosa disse...

Olá minha querida amiga Renata, muito bom, um pouco amargo! Esse me parece um "presente de grego", enfim...vida que segue...e que sejamos felizes.

PS: Infelizmente a Shortstory, não é só uma história, foi vida vivida, e doeu no meu coração...

Paz, harmonia e muita inspiração

Forte abraço

Caurosa

Mågø Mër£Îm disse...

Toda hora é hora pra ser feliz.
Texto forte, duro como se precisa ser na vida!

Voltarei...

luluonthesky disse...

Rê,
Vida se segue. Tudo vai melhorar.
Big Beijos

Luma Rosa disse...

Oras, Renata! Presente usado? (rs*)

Também não sei dividir! E não pretendo aprender! Não neste caso!

Bom fim de semana! Beijus,

disse...

Renata ...Oque não pode é desanimar,siga em frente e tudo vai dar certo.Atualizei o blog.Tenha uma semana linda ...Bjus