sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Lua azul

Estou sumida ... por uma boa causa!
A peça "Antes de mais nada ..." estará novamente em cartaz no SESC São João de Meriti, dias 12 e 13 de Setembro, às 19h. 

SESC São João de Meriti
Endereço: Av. Automóvel Clube, 66 - São João de Meriti - RJ. 
Tel: (21) 2755-7070.

*****
Blue Moon 
Billie Holiday


 
Blue moon,/ Lua azul
You saw me standing alone /  Você me viu sozinho
Without a dream in my heart / Sem um sonho no meu coração
Without a love on my own. / Sem um amor por minha conta.

Blue moon, / Lua azul
You knew just what I was there for/  Você sabia exatamente para o que eu estava lá
You heard me saying a prayer for / Você me ouviu dizer uma oração
Somebody I realy could care for. / Para alguém que eu realmente poderia cuidar.

And then there suddenly appeared before me,/ E então de repente apareceu diante de mim,
The only one my arms will ever hold / O único que meus braços jamais vai segurar
I heard somebody whisper, "please adore me." / Eu ouvi alguém sussurrar: "Por favor, me adore."
And when I looked,/ E quando eu olhei,
The moon had turned to gold. / A lua tinha virado ouro.

Blue moon, / Lua azul
Now I'm lo longer alone / Agora não estou mais sozinho
Without a dream in my heart / Sem um sonho no meu coração
Without a love of my own. / Sem um amor só para mim.

******
Biografia da Billie Holiday (fonte: pt.wikipedia.org)
Billie Holiday (Filadélfia, 7 de Abril, 1915 — Nova Iorque, 17 de Julho, 1959), Lady Day para os fãs, é por muitos considerada a maior de todas as cantoras do jazz.


Infância

Nascida Eleanor Fagan Gough, foi criada em Baltimore por pais adolescentes. Quando nasceu, seu pai, Clarence Holiday, tinha dezoito anos de idade e sua mãe, Sara Fagan, apenas dezesseis . Seu pai, guitarrista e banjista, abandonou a família quando Billie ainda era bebê, seguindo viagem com uma banda de jazz. Sua mãe, também inexperiente, freqüentemente a deixava com familiares.

Menina americana negra e pobre, Billie passou por todos os sofrimentos possíveis. Aos dez anos foi violentada sexualmente por um vizinho, e internada numa casa de correção para meninas vítimas de abuso. Aos doze, trabalhava lavando o chão de prostíbulos. Aos catorze anos, morando com sua mãe em Nova York, caiu na prostituição.


Carreira

Sua vida como cantora começou em 1930. Estando mãe e filha ameaçadas de despejo por falta de pagamento de sua moradia, Billie sai à rua em desespero, na busca de algum dinheiro. Entrando em um bar do Harlem, ofereceu-se como dançarina, mostrando-se um desastre. Penalizado, o pianista perguntou-lhe se sabia cantar. Billie cantou e saiu com um emprego fixo.

Billie nunca teve educação formal de música e seu aprendizado se deu ouvindo Bessie Smith e Louis Armstrong.

Após três anos cantando em diversas casas, atraiu a atenção do crítico John Hammond, através de quem ela gravou seu primeiro disco, com a big band de Benny Goodman. Era o real início de sua carreira. Começou a cantar em casas noturnas do Harlem (Nova York), onde adotou seu nome artístico.

Cantou com as big bands de Artie Shaw e Count Basie. E foi uma das primeiras negras a cantar com uma banda de brancos, em uma época de segregação racial nos EUA (anos 1930). Consagrou-se apresentando-se com as orquestras de Duke Ellington, Teddy Wilson, Count Basie e Artie Shaw, e ao lado de Louis Armstrong.

Billie Holiday foi uma das mais comoventes cantoras de jazz de sua época. Com uma voz etérea, flexível e levemente rouca, Sua dicção, seu fraseado, a sensualidade à flor da voz, expressando incrível profundidade de emoção, a aproximaram do estilo de Lester Young, com quem, em quatro anos, gravou cerca de cinqüenta canções, repletas de swing e cumplicidade. Lester Young foi quem lhe apelidou "Lady Day".

A partir de 1940, apesar do sucesso, Billie Holiday, sucumbiu ao álcool e às drogas, passando por momentos de depressão, o que se refletia em sua voz.

Pouco antes de sua morte por overdose de drogas, Billie Holiday publicou sua autobiografia em 1956, Lady Sings the Blues, a partir da qual foi feito um filme, em 1972, tendo Diana Ross no papel principal.

*****
Essa música também faz parte da peça "Antes de mais nada ..."

That's all folks!

Bom feriado de 7 de Setembro para todos!

5 comentários:

VINÍCIUS disse...

Adoroooooooooo!
Um ótimo feriado pra tí também minha querida!
Ve se começa a assistir os filmes dar suas opiniões tambémhein!
Bj!

"Blue moon... you sw mw standing alone..."

luluonthesky disse...

Bacanerrimoooooooooooooo hein amiga.. amei seu comentário gigantesco.
Big Beijos

Micha Descontrolada disse...

aproveita.

Um ótimo fim de semana para você!!!!

/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_................

Luma disse...

Oba!! A peça tá andando!! Fico feliz por você, Renata! O sumiço é por boa causa!
Eu sabia pouco da vida desta voz maravilhosa!! Até mesmo que tivesse morrido de tal jeito, nossa!
Bom feriado! Beijus

disse...

Essa peça deve ser otima,adoro teatro.Amiga tema festa nao blog e vim te convidar para festa,apareça.Bjus